Home / Missões

Missões

Líderes religiosos continuam lutando pela paz

Publicado em 18 de outubro de 2015

Um dos três principais líderes religiosos da República Centro Africana que ganhou reconhecimento mundial por seus esforços por acabar com os conflitos do país, sofreu uma tentativa de assassinato, em Bangui. O ocorrido foi apenas algumas semanas antes do anúncio de um referendo sobre as eleições de outubro, destinadas a colocar um fim ao governo de transição. O presidente interino sugeriu o cancelamento das eleições.

O presidente da Aliança Evangélica no país, Nicolas Guerekoyame-Gbangou, também foi alvo de um ataque aparentemente desencadeado pela morte de um jovem muçulmano, motorista de moto táxi. Seu corpo foi encontrado no sábado, no 5º distrito, que é predominantemente cristão, e em seguida foi levado para uma mesquita, que antes era conhecida como reduto do grupo rebelde Seleka. O responsável pela morte do jovem ainda não foi encontrado.

No mesmo sábado, houve uma revolta por parte dos jovens muçulmanos e eles dispararam tiros de armas pesadas por todos os lados, invadindo e destruindo propriedades. Foram até a casa de Nicolas, e exigiram que a família deixasse a propriedade, ameaçando matar seu filho mais velho, roubaram vários itens valiosos e depois atearam fogo na casa. Antes de deixar o bairro, mataram duas pessoas.

A inquietação religiosa acontece desde 2013, ocasião em que o Seleka tomou o poder. O país estava tentando reconciliação entre os superiores muçulmanos e cristãos, o que deu a eles um prêmio da paz, no último mês de agosto. Agora, o cenário é de várias igrejas cristãs incendiadas, muita violência, cerca de 500 presos fugiram da prisão central de Bangui e os compromissos de paz foram prejudicados. "Todo acordo tem seu preço e nós pedimos aos líderes que continuem negociando com calma, o governo precisa desarmar as milícias e restaurar as forças nacionais para proteger o país", disse um dos embaixadores da paz.



mais Missões

Um cristão forte e ousado

"Deus nunca se atrasa para responder nossas orações"

Carta de um iraniano fala sobre transformação de vida

"Eu finalmente encontrei a paz que tanto buscava"

Cristãos são perseguidos pelo Boko Haram e ficam deslocados

Desde 2009, mais de 1.600 igrejas foram destruídas

Uma viúva que se tornou um exemplo de superação

Cinco anos após a morte do marido, Pauline hoje orienta um grupo de viúvas cristãs. Ela acredita que Deus escolheu usá-la dessa forma.

Depois de uma grande perda, a vida de uma mulher cristã se transformou

"As pessoas que oraram por mim foram instrumentos de Deus em minha vida"

A triste rotina das mulheres cristãs que estão encarceradas no Paquistão

"Quem pode imaginar quais são os efeitos desse tipo de prisão na alma de alguém?"

Líderes religiosos continuam lutando pela paz

"Todo acordo tem seu preço e nós pedimos aos líderes que continuem negociando"

Deus também dos pequenos

Neste Dia das Crianças, veja o cuidado que crianças colombianas têm recebido

Mulheres indianas pagam um alto preço para servir a Cristo

“Agora que eu tenho a Jesus, me considero uma mulher forte”

#Shockwave2015: "Deus é o nosso pastor, no vale da sombra da morte"

Na semana do Shockwave, confira uma carta de um cristão perseguido no país mais fechado do mundo para o evangelho