Home / Reflexão

Reflexão



Reflexão

As diferenças em pauta.

Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve. Malaquias 3:18

O beija-flor e a aliança de Deus.

Porque eu estabelecerei a minha aliança contigo, e saberás que eu sou o Senhor; Ezequiel 16:62

Ruídos e barulhos.

Porque quem não é contra nós, é por nós. Marcos 9:40

Diante da vida, durante a vida e depois da vida.

O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância. João 10:10

As pessoas e as pessoas.

Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora. João 6:37

Bolhas de Sabão

E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai. Colossenses 3:17

E como dizia a minha mãe...

Deixe o Senhor Deus, por intermédio do Espírito Santo, fazer uma boa faxina em sua vida.

É um parece que não parece muitas vezes, juntamente com o medo do amanhã.

Este é o dia que fez o Senhor; regozijemo-nos, e alegremo-nos nele. Salmos 118:24

O tempo e nada mais do que o tempo.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Ec. 3:1.

Dificuldade com o "re"

Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.

 

leia mais

Ruídos e barulhos.

Publicado em 21 de novembro de 2015

Existem coisas da minha infância, que resguardo até hoje.
Eu gosto muito de vitamina de abacate. É uma das poucas coisas que eu gosto desde a minha infância.
Entretanto, para que a vitamina de abacate, seja feita, é necessário a utilização de um liquidificador.
Confesso que os ruídos e os barulhos, particularmente, me incomodam muito, desde sempre.
O resultado é excelente, mas o barulho que o liquidificador faz é insuportável.
Hoje em dia, o barulho é até menor, mas na minha infância, o copo era de vidro, e o barulho era bem maior, ensurdecedor.
Existem pesquisadores que fazem pesquisas constantes, para diminuírem o barulho da rotação do liquidificador e de outros aparelhos.
Outro aparelho importante é a máquina de costura. Faz muito barulho, principalmente a máquina de costura industrial, mas o barulho é necessário, quando está sendo usada, para que sejam feitas as roupas.
Assim sendo, o barulho da máquina de costura é necessário.
Outros aparelhos necessários são o processador e triturador de alimentos, o secador de cabelos, o espremedor de laranjas, a máquina de lavar. São aparelhos que fazem muito barulho; porém, são muito importantes, para trazerem um melhor conforto ao nosso cotidiano. Além de outros aparelhos que estão sendo inventados para facilitarem a nossa rotina.
Um barulho, que é um um ruído insuportável, é quando o mosquito fêmea é atraído pelo cheiro da cera dos nossos ouvidos, e começa a fazer um ruído ao redor do ouvido, impedindo o nosso sono.
É de irritar qualquer um.
Eu moro num lugar, em que a rua é paralela à estação ferroviária de Gramacho, em Duque de Caxias. E o trem faz muito ruído, buzinando, para avisar a sua chegada e a sua saída. Porém, o trem tem oito vagões, chegando a carregar quase dois mil passageiros. Entretanto, o barulho é necessário, por facilitar o transporte de muitos passageiros.
Apesar de tantos terem medo, o motor que o dentista usa para abrir o dente afetado por uma cárie, chega a dar pavor, por ser um barulho insuportável. Mas, é necessário, para que o dente seja tratado, restaurado e obturado.
Existe a máquina, chamada britadeira, que eu classifico como a máquina que tem o barulho mais insuportável, de todas as máquinas.
Aqui na rua, há dois anos, foi aberto o asfalto, com esta britadeira, para a ampliação das tubulações dos bueiros.
Foi um barulho ensurdecedor por mais de dois meses.
Estes ruídos insuportáveis, abriram o asfalto com esta britadeira, para que o asfalto fosse rompido, para ampliar os tubos dos bueiros, a fim de evitar o entupimento dos bueiros.
Foram meses insuportáveis, com um barulho ensurdecedor. Porém, foi necessário, para que fossem evitadas as inundações na rua, no decorrer das chuvas.
Existe o ruído das buzinas. e agora, que o Rio de Janeiro alcançou o segundo lugar no mundo em engarrafamento, é barulho sem parar no trânsito.
É interessante observar que tudo na vida tem ruído, tem som, tem barulho.
Até mesmo o silêncio tem ruído.
Ele brada silenciosamente, tentando nos mostrar que nós precisamos nos aquietar (Sl.46:10).
Enfim, existem barulhos e ruídos necessários Porém, existem barulhos desnecessários, que normalmente são feitos por nós.
Nestes barulhos desnecessários, entra o homem. Entra eu, entra você.
Nós temos ruídos de incertezas, medos, dúvidas, ruídos do se eu fosse. E aí, entramos nos barulhos, ruídos, em áreas que não são nossas. Assim, ficamos com a alma manhosa, desde os tempos de Adão e Eva; entrando em ruídos que não são nossos, mas que pertencem a vida do outro.
Assim, ficamos pensando com os ruídos do que se eu fosse Fulano, eu agiria dessa forma; se eu fosse Beltrano, eu faria assim.
Estes ruídos não são necessários, porque estão penetrando e tratando da vida do outro.
Ainda existe o ruído do se eu tivesse sido ou feito de outra forma, a história poderia ter sido outra.
Assim, lá vem mais barulho, achando, no hipócrita do achismo, de que se eu tivesse feito assim, talvez tudo teria sido diferente.
E com tantos ruídos e barulhos, nós acabamos entrando em problemas que não são nossos.
Os barulhos que envolvem a vida do próximo, são completamente desnecessários, porque estes ruídos, jamais serão de ajuda, mas de interferência incabível; e o pior, é que não apresentam solução alguma.
Nós somos muito questionadores. Isto faz parte inerente da nossa natureza humana.
Um dos motivos dos ruídos, dos barulhos, é que eles acontecem para que nós sejamos aprendizes, e com o aprendizado adquirido, possamos melhorar. Precisamos vivenciar um aprendizado, para que passemos pelo processo de aperfeiçoamento com o Senhor, por intermédio do Espírito Santo. Pois, sempre, em todo o tempo, precisamos melhorar em tudo na vida.
Tudo é necessário. Até aquilo que parece que é ruim, é ruído, é barulho. Porém, todas as coisas contribuem juntamente para o bem (Rm. 8:28). Apesar, de nós acharmos que não merecemos passar, por nos acharmos bons, perfeitos; estes ruídos são totalmente desnecessários. Mas, na verdade não são.
Portanto, além dos ruídos de tantas máquinas, os piores ruídos são os que nós provocamos dentro do nosso mundo interior.
E muitas vezes, preferimos ficar vivendo dos nossos próprios ruídos, do que sair deles, por acharmos assim, que ninguém irá nos incomodar.
Existem quatro fatos na Bíblia, que o Senhor nos proíbe de barulho, para que assim, possamos vencer.
Para que o povo atravessasse o Mar Vermelho a pé enxuto; e ocorresse um grande milagre, a ordem divina foi para que não houvesse barulho, nem ruído. Pois, o povo estava fazendo muito barulho (Êx. 14:13).
Outra ordem divina de silêncio, não de ruído, foi quando Senaqueribe, o rei da Assíria, afrontou Ezequias, garantindo que iria destruir o povo de Judá.
A ordem do Profeta Isaías, dada ao rei Ezequias, foi para o povo ficar quieto (I Rs. 18:36).
Assim, à noite, enquanto o povo e o rei dormia, um anjo desceu e destruiu cento e oitenta e cinco mil soldados assírios.
Diz a história, que brotaram ratos da terra, atacando os poderosos soldados, fazendo com que eles fossem acometidos de peste bulbônica, e todos foram mortos (I Rs 19:35).
Na construção do templo de Jerusalém, idealizado, projetado por Davi e executado pelo seu filho, o rei Salomão, foram gastos 500 bilhões de dólares.
É interessante enfatizar, que não era ouvido barulho algum na construção do templo, pois estava tudo pronto (I Rs. 6:7).
Jesus Cristo, se alongou em seu discurso, em Betsaida.
Cinco mil homens, além de mulheres e crianças, num total de quase cinquenta mil homens, que estavam assistindo a sua fala, em determinado momento revelaram fome.
Estavam famintos.
E quando alguém está faminto, a tendência é ficar inquieto, ruidoso, barulhento.
Jesus Cristo, ordenou que todos parassem de fazer barulho, ordenando também aos discípulos que eles organizassem a multidão em grupos de cem e de cinquenta.
E assim sendo, Ele esperou que as pessoas se aquietassem, se assentando na relva.
E a partir dos cinco pães e dos dois peixes, o Senhor Jesus fez o milagre da primeira multiplicação dos pães e peixes, saciando a fome de todos. E assim, restaram doze cestos cheios que sobraram (Lc 9:10-17).
O aprendizado trazido, destes quatro fatos é interessante:
- O que o Mar Vermelho nos revela, é que aponta para o milagre.
Para que o milagre seja realizado em nossas vidas, não pode haver ruído, barulho. É necessário silêncio.
- Para que a edificação do Senhor seja plena em nossas vidas, porque somos templos do Espírito Santo (I Co. 6:19), é necessário que entremos no território do silêncio.
É difícil, porque o inimigo sempre irá usar meios, recursos, pessoas, para tirarem a nossa paz, e nos tirarem da quietude.
- Para que todos os investimentos do inimigo não sejam vigorados em nossas vidas como foram destruídos os soldados de Senaqueribe, é necessário ficar quieto. E nesse silêncio, descansar, dormir mesmo.
- E diante da quietude, Ele, segundo as suas riquezas, os seus recursos, suprirá sempre todas as necessidades de cada um de nós, seus filhos (Fp. 4:19). Nos concedendo muito mais além do que pedimos ou pensamos, segundo a sua boa, agradável e perfeita vontade (Rm 12:2).
Portanto, a ordem divina, não é fazer ruído algum, mas entrar na total quietude com o Pai Nosso, porque Ele sempre sabe o que faz. E o melhor, é que Deus só trabalha, quando nos aquietamos nele.
 
 
 
Tenha uma vida de prioridades, sem ruídos e barulhos.
Que Deus lhe abençoe muitíssimo!
Aquele Abraço!
 
 
 
Dedico este texto aos meus queridos amigos Leandro e Amanda, e Gilson e Rosi.
 
 
Soninha Amorim