Home / Semeando no Divã

Semeando no Divã

O Homem e suas Justificativas

Enviado por Jaqueline em 04 de outubro de 2015

O homem é um ser social em sua essência. Quando um humano nasce, é completamente indefeso, se não for dado cuidado por um adulto, o bebê sozinho morrerá, pois não é capaz de suprir suas necessidades básicas de sobrevivência. Não sabe se alimentar, se proteger, se cuidar. Porém, desde o nascimento, nosso desenvolvimento caminha para autonomia. Aprendemos a andar, a falar, a comer, ir ao banheiro, nos desenvolvemos intelectual e emocionalmente! Caminhamos em busca da autonomia, de sermos capazes de fazer coisas e suprirmos nossas necessidades, começamos a trilhar nossa individualidade, mas continuamos precisando pertencer a um grupo, a família, a sociedade. Em nosso desenvolvimento como pessoa, o desafio é sermos indivíduos e continuarmos a pertencer a grupos sociais. Um dos maiores desafios que enfrentamos é o bancarmos nossa forma de pensar, agir, se mostrar ao mundo e sermos aceitos com essas diferenças dentro dos grupos. A tal necessidade de aprovação! De ser aceito! De sentir-se amado!
Um dos maiores homens da Bíblia é o Rei Davi, conhecido como o homem segundo o coração de Deus. Vamos observar algumas características deste homem. Davi foi ungido rei por Samuel, mas depois disso ainda levou um bom tempo para que ele assumisse o trono. Mesmo assim, Davi continuou agindo da mesma forma, não mudou seu proceder. Ele foi fiel a sua essência, sabia quem era e tinha certeza da forma como se portava e continuou vivendo até que Deus o levasse ao trono. Antes de chegar ao trono, sofreu uma perseguição terrível do Rei Saul, a ponto dele ter que viver foragido. Em dois momentos, Davi teve nas mãos a oportunidade de matar o seu perseguidor e não o fez. Deixou que Deus cuidasse de Saul, da sua maneira. Davi foi ungido rei, quando trouxeram a arca de volta a Jerusalém, ele dançou de maneira espontânea diante de Deus, foi criticado por sua esposa, mas isso não o abalou nem um pouco, ele acreditava e sabia por que e pra que o havia feito. Davi também pecou, mas quando o profeta Natan conta a Davi a história fazendo analogia com os feitos dele, Davi não se justificou, reconheceu na hora o seu erro e aceitou as consequências que dele sofreria.
Por que será, que um homem que cometeu um pecado premeditado, é reconhecido na Bíblia como o homem segundo o coração de Deus? Davi em nenhum momento nos mostra dúvida de quem era, sabia exatamente quem era, acreditava no seu potencial, nas suas atitudes, sabia exatamente por que agia daquela maneira. E nós? Eu ouço diariamente justificativas por atos que trouxeram problemas: “_ Ah, eu fiz isso, por que não tenho sangue de barata!”, ou então, “_ Ele me irritou!”, ou ainda, “_ Mas foi ele que começou!”. A justificativa mais cara de pau da história foi a de Adão quando reponde a Deus: “_ Foi a mulher que Tu me deste!”. Ou seja, vivemos nos justificando, para não assumirmos nossas atitudes e suas consequências.
Quando nós não nos reconhecemos ou aceitamos quem somos, nosso potencial, nossas qualidades e nossos defeitos, nosso agir no mundo poderá ser desajustado. Precisamos saber quem somos, com tudo que temos, para escolhermos como iremos nos portar. Uma pessoa que não se ama, vive esperando que alguém supra essa sua necessidade de amor, mas o buraco que ela tem, só poderá ser suprido, primeiramente, por ela mesma. Pessoas carentes, inseguras, vivem esperando amor e aprovação externa, de outras pessoas, mas por mais que elas ouçam palavras de amor e aprovação, elas não processaram essa informação como real, porque elas mesmas não se veem assim. Existem pessoas que não acreditam nem que Deus possa-as amar, porque elas mesmas não se amam!
Davi tem como característica principal, ser um homem que agia e assumia suas atitudes, sabia quem era, escolhia como se portar e se fosse questionado, não justificaria, simplesmente reconheceria sua atitude. Esse foi o grande segredo da vida de Davi, não esperava de fora, alguém para lhe dizer quem era, ele sabia, acreditava em si, conhecia o seu potencial e suas experiências que lhe traziam aprendizado.
Aprenda a se conhecer, valorize quem você é, aceite seu potencial e suas falhas, para que assim, você possa escolher fazer algo para melhorar, onde te incomoda e ser excelente, onde você já é bom. Não é vergonha buscar ajuda para se conhecer ou reconhecer, pois esse processo pode ser difícil, mas seu resultado é gratificante, pois aprendemos saber quem somos, nos valorizarmos e nos suprirmos. Se precisar busque ajuda, inclusive profissional!


Jaqueline Bobok

www.jbobok.com.br



Outros Artigos

O Homem e suas Justificativas

Aprenda a se conhecer, valorize quem você é, aceite seu potencial e suas falhas, para que assim, você possa escolher fazer algo para melhorar, onde te incomoda e ser excelente, onde você já é bom.

Você quer mudar?

Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte. Tg 1:14,15

Andarão dois juntos se não estiverem de acordo?

Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo? Amós 3:3

Conhecendo a Verdade

E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. João 8:32

Autoestima você tem ?

Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento. Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: ame o seu próximo como a si mesmo

Mais uma Semeadora!

Queridos é com muita alegria que apresento minha amiga Jaqueline Bobok que a partir de hoje assume a coluna Semeando no Divã quinzenalmente. Querida seja bem vinda a família Plantadores !

Ser humano - Esta maravilhosa invenção

“E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra e soprou em seus narizes o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente.” (Gênesis 2,7).

Alma - A última fronteira

Um sábio chinês chamado Lao-Tsé disse: “Uma longa viagem começa com um único passo”; palavras carregadas de inteligentes para um mundo que não anda, mas corre...

Nova coluna Semeando no Divã

Olá querido(a) Com satisfação, te apresento nosso mais novo colunista. Benigno vai assinar a coluna Semeando no Divã, com artigos voltados para a saúde da alma.

 



videos

Autor da Minha Fé

Paulo César Baruk / Paulo Cézar da.


outros videos